Defesa de Lula faz novo pedido ao STF para tentar evitar prisão do ex-presidente

Publicado por: Seu nome em 14 Mar, 2018

A defesa de Luiz Inácio Lula da Silva apresentou nesta quarta-feira (14) ao Supremo Tribunal Federal (STF) um novo pedido para evitar a prisão do ex-presidente. Caberá ao ministro Luiz Edson Fachin analisar o caso.

Lula foi condenado em janeiro pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região a 12 anos e 1 mês, em regime inicialmente fechado. O TRF-4 é responsável pelos processos da Lava Jato em segunda instância.

Ao julgar o ex-presidente, os desembargadores decidiram que a pena deverá ser cumprida quando não couber mais recurso à Corte.

Mas a defesa de Lula pediu ao STF que a prisão só seja decretada após o processo transitar em julgado, ou seja, quando não couber recurso a mais nenhuma instância da Justiça.

Os advogados do ex-presidente argumentam que, segundo a Constituição, "ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória".

Esse pedido de Lula já foi negado pelo relator do caso no STF, Luiz Edson Fachin. O ministro decidiu, contudo, que a palavra final caberá ao plenário do Supremo – não há data marcada para o julgamento.

 

Novo pedido

 

No novo pedido, a defesa do ex-presidente solicita que a decisão de Fachin seja reconsiderada.

Os advogados pedem, também, que uma eventual ordem de prisão seja suspensa até o Supremo julgar duas ações que tratam da execução da pena após condenação em segunda instância.

Se o pedido for negado, a defesa pede, ainda, que a Segunda Turma do STF analise o caso, não o plenário.

O novo pedido tramitará em conjunto com o habeas corpus apresentado em fevereiro.

 

Opinião de ministros

 

Na última segunda (12), o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato, afirmou em entrevista que não vê razões "nem teóricas nem práticas" para o Supremo rever o entendimento sobre prisão após condenação em segunda instância.

Mas, atualmente, há ações em análise no Supremo que visam mudar esse entendimento.

Cabe à presidente do STF, Cármen Lúcia, definir sobre a inclusão do tema na pauta de julgamentos. Em janeiro, em entrevista à TV Globo, a ministra afirmou que o tema não voltará à pauta.



Postado em: Política
Compartilhe:

Notícias relacionadas

Defesa de Lula faz novo pedido ao STF para tentar evitar prisão do ex-presidente

A defesa de Luiz Inácio Lula da Silva apresentou nesta quarta...
leia mais

Comentários (0)


No ar agora

Parceiros

Facebook

Andressa Suita e Gusttavo Lima tiram dia de folga com os filhos

O casal Andressa Suita e Gusttavo Lima tirou esta segunda-fe...

Anitta reage a críticas após anúncio de série: "Quem não gosta de mim é só não assistir"

Anitta usou o Instagram Stories nesta quinta-feira (12) para reagir &agrave...

Simaria posta foto de biquíni nas Ilhas Maldivas durante viagem em família

A cantora Simaria, da dupla sertaneja com Simone, publicou uma foto de...

Mariah Carey interrompe show para rapaz pedir namorado em casamento e posta vídeo

Mariah Carey não é romântica apenas da boca para fora. ...

Felipe Titto nega ter recusado participar de clipe do cantor Nego do Borel por beijo gay

Felipe Titto usou seu Insta Stories para esclarecer por que não part...

Acusados de espancar e matar a travesti Dandara vão a julgamento em 5 de abril (400 acessos)

inco acusados de torturar com agressões e matar a travesti Danda...

Defesa de Lula faz novo pedido ao STF para tentar evitar prisão do ex-presidente (345 acessos)

A defesa de Luiz Inácio Lula da Silva apresentou nesta quarta...

Trump usa Twitter para demitir seu chefe da diplomacia (337 acessos)

Trump pediu que Pompeo seja confirmado rapidamente pelo Senado (Foto: Divulga&...

Floresta vence Fortaleza e assume liderança da segunda fase do Campeonato Cearense (312 acessos)

RESUMÃO O JOGO Fortaleza veio ofensivo, partindo em busca do ataque...

Sem camisa, Gusttavo Lima posa ao lado de carrão e empolga Andressa Suita (301 acessos)

Gusttavo Lima dispensou a camisa e deixou os músculos à mostr...