Defesa de Lula faz novo pedido ao STF para tentar evitar prisão do ex-presidente

Publicado por: Seu nome em 14 Mar, 2018

A defesa de Luiz Inácio Lula da Silva apresentou nesta quarta-feira (14) ao Supremo Tribunal Federal (STF) um novo pedido para evitar a prisão do ex-presidente. Caberá ao ministro Luiz Edson Fachin analisar o caso.

Lula foi condenado em janeiro pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região a 12 anos e 1 mês, em regime inicialmente fechado. O TRF-4 é responsável pelos processos da Lava Jato em segunda instância.

Ao julgar o ex-presidente, os desembargadores decidiram que a pena deverá ser cumprida quando não couber mais recurso à Corte.

Mas a defesa de Lula pediu ao STF que a prisão só seja decretada após o processo transitar em julgado, ou seja, quando não couber recurso a mais nenhuma instância da Justiça.

Os advogados do ex-presidente argumentam que, segundo a Constituição, "ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória".

Esse pedido de Lula já foi negado pelo relator do caso no STF, Luiz Edson Fachin. O ministro decidiu, contudo, que a palavra final caberá ao plenário do Supremo – não há data marcada para o julgamento.

 

Novo pedido

 

No novo pedido, a defesa do ex-presidente solicita que a decisão de Fachin seja reconsiderada.

Os advogados pedem, também, que uma eventual ordem de prisão seja suspensa até o Supremo julgar duas ações que tratam da execução da pena após condenação em segunda instância.

Se o pedido for negado, a defesa pede, ainda, que a Segunda Turma do STF analise o caso, não o plenário.

O novo pedido tramitará em conjunto com o habeas corpus apresentado em fevereiro.

 

Opinião de ministros

 

Na última segunda (12), o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato, afirmou em entrevista que não vê razões "nem teóricas nem práticas" para o Supremo rever o entendimento sobre prisão após condenação em segunda instância.

Mas, atualmente, há ações em análise no Supremo que visam mudar esse entendimento.

Cabe à presidente do STF, Cármen Lúcia, definir sobre a inclusão do tema na pauta de julgamentos. Em janeiro, em entrevista à TV Globo, a ministra afirmou que o tema não voltará à pauta.



Postado em: Política
Compartilhe:

Notícias relacionadas

Defesa de Lula faz novo pedido ao STF para tentar evitar prisão do ex-presidente

A defesa de Luiz Inácio Lula da Silva apresentou nesta quarta...
leia mais

Comentários (0)


No ar agora

Parceiros

Facebook

Arthur Aguiar lamenta críticas após mostrar rosto da filha: "É chocante, triste"

Arthur Aguiar resolveu mostrar o rostinho da filha Sophia, fruto do re...

Chris Flores diz que não voltaria para o Hoje em Dia nem para a Record: “Quem vive de passado é museu”

A apresentadora Chris Flores deu uma entrevista para o canal do Mornin...

Tati Zaqui posa de microshort e fã se empolga: "A mais sexy de 2019 já"

Se depender dos fãs, Tati Zaqui, eleita mais sexy de 2018,...

Michel Teló e Thais Fersoza mostram filhos cantando música natalina

Michel Teló e Thais Fersoza compartilharam nesta quinta-fe...

Andressa Suita e Gusttavo Lima tiram dia de folga com os filhos

O casal Andressa Suita e Gusttavo Lima tirou esta segunda-fe...

Sem camisa, Gusttavo Lima posa ao lado de carrão e empolga Andressa Suita (739 acessos)

Gusttavo Lima dispensou a camisa e deixou os músculos à mostr...

Simaria posta foto de biquíni nas Ilhas Maldivas durante viagem em família (654 acessos)

A cantora Simaria, da dupla sertaneja com Simone, publicou uma foto de...

Acusados de espancar e matar a travesti Dandara vão a julgamento em 5 de abril (572 acessos)

inco acusados de torturar com agressões e matar a travesti Danda...

Viviane Araújo posta foto sensual e diz que não se reconhece: "Sou eu???" (486 acessos)

Após mostrar bastidores de ensaio sexy, Viviane Ara&uacute...

Trump usa Twitter para demitir seu chefe da diplomacia (478 acessos)

Trump pediu que Pompeo seja confirmado rapidamente pelo Senado (Foto: Divulga&...